Mensagem

Legado da Reforma Anabatista/Menonita

“Bem espiritual que passa gerações”

1. Legado da Reforma de Lutero: 1517

- Autoridade na Igreja: são as Escrituras e não líderes ou mesmo o Papa.

- Salvação é pela Graça e não por obras ou merecimento, ou esforço humano.

-Fé: é por meio da fé que somos justificados e temos comunhão com Deus. Não há necessidade de mediadores da hierarquia da igreja para termos comunhão com Deus.

2. Legado da Reforma Anabatista/Menonita: 1525

             - Separação da Igreja da influência e manipulação dos Governos.

             - Batismo baseado na fé/no novo nascimento em Cristo.

             - Igrejas congregacionais, comunitárias, sem hierarquia institucional. A liderança é espiritual, pastorear as ovelhas de Jesus.

             - Cultos são informais sem uma liturgia pré-definida.

             - Seguir a Jesus na fé e na vida prática. Ênfase nos princípios da paz e da não violência.

             - Preocupação em ajudar os mais pobres e carentes.

3. Legado de Menno Simons: depois de sua conversão uniu-se aos anabatistas em 1536

- Trouxe unidade e coesão doutrinária para centenas de congregações na Holanda, Bélgica, Alemanha, Suíça. Seu versículo chave: “porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo”. 1 Coríntios 3:11

 

A Bíblia é Palavra de Deus e Jesus o centro da revelação. A Igreja é Corpo de Cristo e é Nele que temos vida. João 10:10.

 

Pr. Peter G. Siemens