Mensagem

PENTECOSTES: Nosso relacionamento com Deus, Espírito Santo.

Introdução:

·         o Espírito Santo habita em nós.

·         E para o perfeito relacionamento com Ele, você não precisa de mais nada.

·         Na verdade, você precisa de menos do que tem hoje.

Lucas 15:11-32

·         Lucas capítulos 13 a 17 “oposição ao farisaísmo”.

·         Jesus está ensinando a transição entre Antiga e Nova Aliança.

·         Várias reações do Pai da parábola não ‘fecham’ com a Lei de Moisés.

1.       O mais novo

·         Atitude extremamente ofensiva, passível de pena de morte (Dt 21:18-21).

·         Vida irresponsável, insiste no erro (foi empregar-se).

·         Sua solução o coloca em posição ainda pior: cuidar de porcos.

·         Chega ao cúmulo de invejar o porco.

·         Para o 1º ouvinte, este filho é ainda pior do que nós podemos imaginar a partir do nosso ponto de vista.

·         Ditado: “O povo de Israel só se arrepende quando come alfarrobas” (comida de porco).

·         Mas ele é corajoso: arrisca ser apedrejado. Não tem nada a perder, e volta pra casa.

2.       O mais velho

·         É uma pessoa normal. 100% obediente. Trabalhador.

·         Estava no campo (trabalhando).

·         Acusa o mais novo (algumas acusações parecem injustas, exageradas).

·         Ele vive debaixo da Lei/ meritocracia que marca nossa sociedade. Ex: escola, mercado de trabalho.

·         Seu legalismo o afasta de seu Pai, e da comunidade (não sabe sobre a festa nem quer celebrar).

Lucas 15:29 Mas ele respondeu ao seu pai: ‘Olha! todos esses anos tenho trabalhado como um escravo ao teu serviço e nunca desobedeci às tuas ordens (fariseus diriam isso!). Mas tu nunca me deste nem um cabrito para eu festejar com os meus amigos.

·         Reação de alguém que se auto justifica: não aceita o padrão de Deus.

·         Reclama que não tem cabrito quando tem à sua disposição um banquete.

·         “A conversão tira vc da lama. A santificação tira a lama de vc. Mas a religiosidade somente coloca uma roupa limpa por cima do corpo sujo de lama”.

3.       O Pai

·         Ele é o foco da parábola, não “filho pródigo”, “filho perdido”, “dois filhos”.

·         Estamos falando de relacionamento com Deus Espírito Santo.

·         Corre: mancha a dignidade. importância imerecida que dá ao filho.

·         Abraça: boas-vindas imerecidas ao filho.

·         Beija: intimidade imerecida com o filho.

·         Veste roupa nova: a própria roupa do Pai. Honra imerecida.

·         Anel: reintegração a uma família abastada. Autoridade imerecida.

·         Sandália: empregados não, membros de famílias ricas. Conforto imerecido.

·         Sua festa beneficia os outros ao redor (um novilho preparado).

·         É graça!

·         A celebração de Deus em franca oposição à auto justificação e humilhação.

·         No Éden Ele buscava o relacionamento diário com o ser humano.

Gênesis 3:8 Ouvindo o homem e sua mulher passos do SENHOR Deus que andava pelo jardim qdo soprava a brisa do dia, esconderam-se da presença do SENHOR Deus entre as árvores do jardim. 9 Mas o SENHOR Deus chamou o homem, perguntando: “Onde está você?”

·         Deus busca. Buscava antes do pecado, e busca depois do pecado.

·         Deus chamou Adão, correu p/ o filho mais novo, foi atrás do mais velho.

4.       A Graça de Deus

Mateus 7:7-11

·         “Procurar a Deus é como brincar de esconde-esconde em um apartamento pequeno”.

·         O que você precisa para relacionar-se com Deus? Abrir mão do legalismo, da auto justificação, performance, regras, leis, resultados. Graça!

·         Enquanto Saulo perseguia a Igreja (Jesus), Ele se alegra em Se revelar.

Gálatas 1:15 Mas Deus me separou desde o ventre materno e me chamou por sua graça. Quando lhe agradou 16 revelar o seu Filho em mim.

·         Um filho cortou a grama de sua casa de maneira desleixada. À noite envolveu-se em um acidente de carro e o pai assumiu todos os custos. Na manhã seguinte o filho voltou para cortar a grama, desta vez de maneira perfeita, como gratidão pela graça que recebeu do Pai.

Você fará?

Gl 5:16 Vivam (andem) pelo Espírito. 18 Se são guiados pelo Espírito, ñ estão debaixo da Lei.

Ef 5:18 Não se embriaguem com vinho, mas deixem-se encher pelo Espírito.

·         Para um relacionamento com o Espírito Santo, é necessária a graça, que já foi derramada sobre nós.

·         O legalismo,  a auto justificação, a realização de obras para conseguir o favor de Deus nos afastam desta graça e consequentemente do relacionamento com Ele.

·         “Graça: favor imerecido. É a riqueza de Deus à nossa disposição, paga por Jesus”.

·         Perdão é graça, salvação é graça, justificação é graça, vida eterna é graça, e o relacionamento com o Espírito Santo é graça.

 

 

Pr. Fridbert August