Mensagem

NOVA CRIAÇÃO – VINHO NOVO É MELHOR

NOVA CRIAÇÃO – Vinho Novo É Melhor

Introdução

·         Lucas 5.33-39

Lucas 5.33 E eles [os fariseus] lhe disseram: “Os discípulos de João jejuam e oram frequentemente, bem como os discípulos dos fariseus; mas os teus [de Jesus] vivem comendo e bebendo”. 34 Jesus respondeu: “Podem vocês fazer os convidados do noivo jejuar enquanto o noivo está com eles? 35 Mas virão dias quando o noivo lhes será tirado; naqueles dias jejuarão”. 36 Então lhes contou esta parábola: “Ninguém tira um remendo de roupa nova e o costura em roupa velha; se o fizer, estragará a roupa nova, além do que o remendo da nova não se ajustará à velha. 37 E ninguém põe vinho novo em vasilha de couro velha; se o fizer, o vinho novo rebentará a vasilha, se derramará, e a vasilha se estragará. 38 Ao contrário, vinho novo deve ser posto em vasilha de couro nova. 39 E ninguém, depois de beber o vinho velho, prefere o novo, pois diz: ‘O vinho velho é melhor!’”

·         Nova Criação vivida em comunidade. É quem eu sou em Cristo colocado à prova quando vivemos Igreja.

Contexto

·         Comparação: uns jejuam outros não.

·         Jejum era previsto pela Lei 1x/ano (fariseus jejuavam 2x/semana).

·         Jesus: tempo do jejum já passou (novo jejum virá).

Atos 13.2 Enquanto adoravam o Senhor e jejuavam, disse o Espírito Santo: “Separem-me Barnabé e Saulo...”. 3 Depois de jejuar e orar, impuseram-lhes as mãos e os enviaram.

At 14.23 Paulo e Barnabé designaram-lhes presbíteros em cada igreja; tendo orado e jejuado, eles os encomendaram ao Senhor.

·         A vinda de Cristo interrompe algo que é milenar.

·         A presença de Cristo é motivo de alegria. O Reino dos Céus era chegado.

·         Jesus conta uma Parábola: uma história inventada, uma ilustração ou um enigma.

·         Mas com ensinamento e proposta de mudança de paradigma.

·         Jesus faz de tudo um momento santo. Nada para Jesus é secular/profano.

·         Mesmo em meio a críticas, Ele aproveita para um ensinamento. Impregna de sentido tudo o que faz.

1.       Reclamação dos fariseus e discípulos de João

·         Tudo o que estava em jogo era a comparação. Comparação: inimiga do contentamento.

·         Há dois grupos de comparação.

·         Fariseus comparam suas companhias à mesa com Jesus.

o    Jesus come com pecadores.

o    Hospitalidade era grande valor: mas comiam com iguais.

o    Jesus não nos chamou para nos separarmos.

o    Pedro é admoestado por Paulo (Gl 2.11).

o    Pedro e a visão do lençol, ES sobre gentios (3º Pentecoste).

o    Há alguém que está constantemente na sua lista de oração?

o    É a segunda oração mais importante na vida do cristão.

o    Alguém orou por você até que parasse de resistir à graça.

o    Há alguém novo na sua lista de oração?

·         Fogo amigo: discípulos de João e o jejum (v. Mateus 9.14-17):

o    ‘Nós jejuamos, Teus discípulos não’.

2.       Remendo novo em roupa velha

·         Ação torna a situação pior do que antes.

·         Perde-se a roupa que era confortável. Perde-se o pedaço novo.

·         Roupa velha já está totalmente amaciada e ajustada às minhas imperfeições.

·         Vamos nos acostumando com o velho, sem perceber seus defeitos.

·         A Nova Aliança é incompatível com a velha prática.

·         Fé em Cristo é incompatível com a prática do judaísmo farisaico.

·         O ato de remendar denuncia lacunas.

·         Jesus não veio para preencher lacunas. Cristianismo não é remendo.

·         Jesus não é o que ainda faltava para minha vida ser completa.

3.       Vinho novo em odre velho

·         O odre era feito de pele de cabra, capacidade elástica.

·         Armazenava o vinho, mantendo-o sem contato com ar para fermentação.

·         Suportava 1 fermentação.

·         Odre antigo -> judaísmo: já suportou toda revelação e presença de Deus.

·         O vinho novo, o Reino dos Céus, não cabe no judaísmo.

·         A religiosidade ritualista é incompatível com a liberdade do Reino dos Céus.

·         Novo odre, novo recipiente, nova maneira de pensar, agir e viver.

4.       Comparação

·         Aqui a comparação é feita entre grupos.

·         O comportamento, as decisões de vida de grupos são a questão.

·         Somos Nova Criação, e partir disso nossa vida em comunidade muda.

·         Somos observados. E comparados.

·         Objetivo #1 da IEMAV (Ministério a Deus): “Todas as gerações, adorando a Deus juntas, em liberdade”.

5.       Lições

·         Não compare o que você faz (eu oro assim/sirvo assim/louvo assim).

·         Não compare o que você não faz (já me viu fazendo isso?).

·         A roupa velha/nova é algo exterior.

Romanos 13.14 Ao contrário [comportamento do mundo], revistam-se do Senhor Jesus Cristo.

Gálatas 3.27 pois os que em Cristo foram batizados, de Cristo se revestiram.

·         Estamos sendo observados: Então onde posso ser luz?

·         O vinho é algo interior.

·         Vinho representa alegria, e Jesus é a videira verdadeira.

·         Depois de beber o vinho velho, ninguém prefere o novo, pois diz: ‘O vinho velho é melhor!’ Está sendo irônico.

·         Está alertando para não darmos atenção ao gosto, mas ao fato.

·         Algo como um gosto aprendido. Como é típico do vinho (acho que ninguém gosta do sabor do vinho na primeira experiência).

·         Precisamos nos acostumar com o gosto do novo.

·         E precisamos de paciência, conosco e com o outro.

Desafios

·         Viver a Nova Criação é também benéfico para a Igreja.

·         Identidade: entendida como indivíduo, praticada como comunidade.

·         “Se você não curar do que te feriu, vai sempre sangrar em cima das pessoas que não te cortaram”.

Mateus 18.15 Se o seu irmão pecar contra você, vá e, a sós com ele, mostre-lhe o erro. Se ele o ouvir, você ganhou seu irmão. 16 Mas se ele não o ouvir, leve consigo mais um ou dois outros, de modo que ‘qualquer acusação seja confirmada pelo depoimento de duas ou três testemunhas’. 17 Se ele se recusar a ouvi-los, conte à igreja; e se ele se recusar a ouvir também a igreja, trate-o como pagão ou publicano.

2 Coríntios 12.20 Pois temo que haja entre vocês brigas, invejas, manifestações de ira, divisões, calúnias, intrigas, arrogância e desordem.

·         Não separar do mundo. Seja intencional e impregne suas ações de sentido quando estiver com pessoas que não conhecem a Jesus.

Perguntas aos PG’s:

·         Como está o desafio de orar por uma pessoa/família para o Culto de Natal? Compartilhem no grupo e orem pelos nomes de todos.

·         Que atitude ou prática da Nova Aliança (Nova Criação) você mais estranhou, sentindo o gosto de algo novo, mas estranho? Como está o ‘sabor’ disso hoje?

·         Como você pode servir ao Corpo de Cristo? Alguma ferida que ainda sangra e atrapalha o Corpo? Ou algum ministério que possa se envolver (dentro ou fora da Igreja)? Praticar Mateus 18?

Pr. Fridbert August